Viajar em um mochilão de um mês, com data certa para acabar e um emprego (ou seja, uma renda) te esperando ao final é muito diferente de viajar por tempo indeterminado.

E consegui sentir isso logo nos primeiros dias.

É diferente, pois sempre que viajo quero conhecer tudo, provar tudo, ir a tudo.

Nunca gastei mundos e fundos, mas também nunca contei moedas. 

E agora é diferente. Penso 44 vezes antes de parar num para para ver o tempo passar na praça, já que sei que o que eu gastar aqui não terei como repor, ao menos por enquanto. 

Óbvio que não deixo de aproveitar, já que esse texto foi escrito sentada no Parque Del Retiro, tomando sangria e ouvindo jazz, mas prefiro gastar $ 5 no mercado comprando a comida e me dar o luxo desses pequenos prazeres, do que pagar $ 20 só no jantar.

  

_____________________________________________________________________________________________________________________

Uma das coisas que gosto de fazer nos lugares que conheço é ir ao supermercado.

Ver e comparar com o que estou a habituada.

Aqui todas as opções são enormes. Tudo. Açúcar, leite, pão, café, macarrão. 

É só na Espanha ou no resto da Europa também?

Ainda são resquícios das muitas guerras sofridas, assim como os enlatados, ou somente um costume espanhol? 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s