Dos lugares: Paceville

Quando cheguei em Malta tive primeiro que me situar, entender onde eu estava, quem eram essas pessoas e qual a lógica desse lugar.

Em maio ainda não era verão e o clima não era dos mais quentes.

Então, primeiro lugar a se conhecer: Paceville. 

O que é Paceville? 

Antes de tentar explicar o que é Paceville, tenho que explicar qual o espírito de Malta. 

Aqui é uma mistura de Malhação, Big Brother e Lost. 

Malhação, porque é como se vivêssemos eternamente numa novela adolescente, que consiste em arrumar um “namoradinho”, beber nas pool party, arrumar intriga com essa ou aquela garota que paquerou esse ou aquele menino, etc. E não se enganem, nem só de adolescente esse mundo gira. O que mais tem é mulheres e homens feitos agindo como se tivessem 15 anos. 

Big Brother, porque isso é um universo paralelo, onde tudo é muito intenso e em que toda semana alguém é “eliminado”. Você conhece alguém, fica amigo, se apega e semana seguinte, cadê?! Sumiu. Foi embora… 

E Lost, pois essa ilha realmente é um universo paralelo. Até o tempo aqui corre diferente, eu acho. Já estou no Halloween e acho que no Brasil ainda não foi nem meu aniversário.  

Então, Paceville…

Imagina tudo isso, toda essa loucura concentrada em uma rua cheia de baladas, onde não se paga nada para entrar? 

Aliás, até parece a Augusta. É uma balada, um puteiro, uma balada um puteiro. Só que aqui não é puteiro, é Gentleman’s Club. As garotas só fazem strip, sexo é proibido. De verdade. 

O que difere da Augusta (Ahh…. A Augusta… Alt+Tab no Anexo B, Damaris me fazendo sair de casa para enfrentar fila no frio, as travas dando oi, o esquenta na Roosevelt… Ahh, a Augusta…) é o tipo de música.  

Aqui impera o reggaeton colombiano, que é uma delícia de dançar e em doses homeopáticas, não mata ninguém.

Mas… Todos, eu disse TODOS os bares só tocam reggaeton. E exatamente as mesmas músicas.

Que são, por ordem de repetição:

Bailando – Enrique Iglesias

http://youtu.be/NUsoVlDFqZg

El Serrucho – Mr. Black

http://youtu.be/thjYtBM0-hc

Detalhe: essas duas eu já conhecia pelos meus dias em Cartagena, na Colômbia. Ouvimos tanto que “Bailando no Serrucho” virou nome de grupo no Whatsapp.

Mas, para coroar tem essa:

El Taxi – Osmani Garcia Ft. Pitbull

http://youtu.be/qRp3-D3SMwI

Enfim… Está é Paceville. 

Boa para ir de vez em quando, tentar dançar igual as colombianas e dar umas boas risadas.

E, seguindo o espírito de Malta, aqui é como Las Vegas. O que acontece em Paceville, fica em Paceville.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s