Dos lugares: Montenegro

Em maio chegou a hora de me despedir de Londres e seguir com a vida. Meus planos não possuem nada de pre-definidos e tenho ido para onde sopra o vento. Montenegro me parecia um lugar tão bom quanto outro qualquer, então lá fui eu. 

 Primeira parada foi na capital Podgorica. A cidade é pequena e na verdade não há muito o que fazer e não é tão bonita. Há um parque que é tranquilo, bom para caminhar, passar um tempo em silêncio e isso é tudo. 

De Podgorica fui direto para a cidade que eu imaginava que seria minha casa pelos próximos 3 meses. A cidade em si é pequena e o que mais chama a atenção é um imenso e moderno Porto recém construído, cheio de yatchs e lojas caríssimas, mas Tivat fica no meio do litoral de Montenegro em um lugar estratégico para se conhecer as outras cidades da região. 

A mais interessante é Kotor, que é muito bonita, encravada entre montanhas e que possui um centro histórico tombado pela UNESCO. Da Old Town é possível subir ao forte datado do século IX, claro se você tiver fôlego pra isso, pois são mais de 1.500 degraus até o topo, mas que vale a pena. A vista do alto do forte tira mais o fôlego que a subida. 


Budva também fica próximo à Tivat e é uma cidade mais turística, cheia de restaurantes e baladas. 

O Hostel que fiquei era ótimo. Uma área comum incrível, com toda a sorte de instrumentos musicais, um bar, uma rede. Do rooftop tem-se uma vista linda da baia de Tivat e é um bom lugar pra relaxar tomando sol. Além de tudo isso, eles têm um cão. Uma Golden de, na época, 3 meses extremamente carinhosa chamada Budza. 




Achei que tinha tirado a sorte grande. Um bom lugar, acomodação e as 3 refeições free, um staff bacana. 

Mas como quando a esmola é muita o santo desconfia, não poderia ser assim tão perfeito. Logo no primeiro dia me fizeram um estranho pedido. Os donos do Hostel tem 4 filhos: um menino de 13 anos, duas garotas de 4 e 3 anos e um bebê de um aninho. O pedido era que eu cuidasse das crianças ao invés de trabalhar no Hostel. Quando eu cheguei éramos em 5 no staff, eu, um brasileiro, um espanhol, um mexicano e um irlandês. Eu era a única garota e fui a única para quem isso foi proposto. Sexismo? Imagina!!! 

Enfim, eu não estava numa posição que realmente me permitisse recusar, então topei. 

O mais velho quase não ficava lá e o bebê era até que tranquilo, mas as duas meninas eram a encarnação do demônio. A mais velha pelo menos falava um pouco de inglês, apesar de não me obedecer de maneira nenhuma, já a menor não falava uma palavra em inglês e tudo o que sabia fazer era gritar como se eu a estivesse matando quando eu falava alguma coisa ou me aproximava. 

Passei duas semanas assim, mas isso não era o que eu queria. Se quisesse trabalhar de babysitter, eu teria procurado um trabalho como esse, não para trabalhar num Hostel. Quem me conhece sabe que eu não morro de amores por crianças e, no geral, elas também não gostam muito de mim, por isso comecei a procurar outros lugares para ir antes que acabasse os 3 meses. 

Encontrei um lugar para ficar na Croácia e avisei que em duas semanas eu iria embora. Depois disso, as coisas melhoraram consideravelmente. 

Eu passei a trabalhar somente no Hostel e nós do staff (eu, o brasileiro e o irlandês) nos entendíamos muito bem. O trabalho fluía e passávamos um ótimo tempo juntos. Ensinamos o irlandês a jogar truco, ouvíamos boa música, dormíamos no rooftop quando o tempo estava bom. O Hostel recebia alguns grupos grandes de 40/45 pessoas e quando era dia de grupo (que por ironia do destino era sempre majoritariamente de brasileiros) fazíamos o jantar para todos, assim aprendi a fazer goulash, servíamos o jantar e depois bebíamos até de manhã. 

No final, apesar dos pesares, tirei sim a sorte grande e acabei passando um ótimo mês em Montenegro. 

Um pensamento sobre “Dos lugares: Montenegro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s